sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Mães famosas e as nem tão famosas assim ...

Eu gosto de ler as notícias do site da BBCBrasil.com e achei este texto muito interessante:

Aparência de famosas pressiona mães comuns, indica estudo

As imagens das celebridades que tiveram filhos e se mantiveram em forma e esbeltas após a gravidez pressionam as mães comuns, indica uma pesquisa realizada na Grã-Bretanha e divulgada nesta quinta-feira.

A pesquisa entrevistou 8,5 mil mulheres e aponta que 68% das entrevistadas se sentem pressionadas a manter uma aparência impecável enquanto lidam com as questões da família e da vida profissional por causa da aparência sempre "perfeita" das mães famosas.

"Quando a sociedade começa a colocar visões pouco realistas sobre como uma mãe deve aparentar, não apenas deixa as mulheres desiludidas com suas próprias vidas, mas também pode levar os parceiros, a família e os amigos a desprezar as mães que não atingem estas expectativas irreais", diz o psicólogo David Moxon.

"A idéia das mães esbeltas está fazendo com que as mães comuns se sintam inferiores", diz a pesquisa, encomendada pela empresa de cosméticos Nivea.


O texto completo está aqui.

Há um ditado que tenho ouvido muito ultimamente: "Não existe mulher feia, o que existe é mulher pobre". Lógico, com dinheiro, qualquer mulher pode pagar uma lipoaspiração, uma plástica, uma aplicação de botox, colocar jaquetas de porcelana nos dentes e muito mais. Um bom exemplo de uma mãe famosa que fez uma "recauchutagem" geral é a cantora Carla Perez. Ela mudou completamente a aparência e mudou para melhor, obviamente.

O que resta para nós, pobres mães mortais (ou mães mortais e pobres)? As prioridades de nossos filhos são o marido (para quem tem, que não é meu caso atualmente) e os filhos. Comprar roupas e calçados? Você é sempre a última da lista de prioridades. Quem tem filhos em fase de crescimento como eu, tem que comprar roupas e calçados novos a cada três meses, pois é o tempo que seu pimpolho leva para crescer e as coisas deixarem de servir. A mãe que use a mesma blusa que comprou antes de engravidar ou aquele vestido que estava na moda, quando ela ainda era solteira. Afinal, adulto não cresce, não é?

Qual é a mãe que tem tempo de ir todas as semanas arrumar o cabelo, fazer as unhas das mãos, pés, depilação, etc? Eu mal consigo ir uma vez por mês, normalmente quando já não tenho mais como adiar a visita ao salão de beleza. Eu trabalho o dia inteiro e minhas noites e fins de semana são dedicados totalmente para a família. Isso já me toma bastante tempo. Para ter uma idéia, eu não consigo nem tomar um banho sossegada, imagina querer fazer um banho de beleza relaxante. Rá-rá-rá. Tá brincando, né? Só no dia de São Nunca.

Ou então, a gente vai ao médico e na sala de espera do consultório há dezenas de revista Caras p
ara ler. A gente se sente o cocô-do-cavalo-do-bandido, quando vê as fotos daquelas mulheres famosas, maravilhosas, esposas e mães, com suas mansões esplêndidas ou esquiando em Aspen. Tiveram filho há menos de três meses e já estão com o corpinho em dia, malhado, perfeito. Você olha para seu corpo e vê que seu seio ficou um pouco flácido depois de três anos quase ininterruptos de amamentação, sua barriga, que nunca foi um tanquinho mesmo, agora está mais saliente do que quando você estava grávida e seu cabelo já não tem o mesmo brilho de antigamente. Se você precisava de algo para te deixar mais para baixo, não precisa mais. Basta folhear a revista Caras.

Adorei esse estudo. Quer dizer que não sou a única mãe desiludida com alguns aspectos de minha vida.

6 comentários:

Cristiane Fetter disse...

FALOU TUDOOOOOOOO!
Desde que eu mudei aqui para os Estados Unidos eu nunca consegui fazer as unhas toda semana, imagine então em um salão.
Cortar meu cabelo, só quando estou com a aparência do Rei Leão.
Não tenho empregada, nem faxineira, eu faço tudo.
E toda vez que existe uma lista de prioridades o meu nome vai para o fim, é isso mesmo.
Enquanto isso na terra do nunca a Julia Roberts tem gêmeos e 1 mês depois está linda. Até porque faz parte do trabalho dela.
No Brasil eu até que tinha tempo. Fazia limpeza de pele 1 vez por mês, só frequentava podólogo, hidroginástica, fazia as unhas das mãos toda semana, pintava os cabelos (porque sim existe cabelos brancos em mulheres), mas também eu tinha uma empregada fixa, uma passadeira e uma quinzenal para ao trabalho mais pesado.
Carla, precisamos reverter esta situação urgentemente, podemos até não viver na terra do nunca, mas podemos passar pelo portão.
Isso vai virar um post, risos.
Beijocas

Osc@r Luiz disse...

hahahahah!
Querida, esqueceu de dizer uma coisinha: pras mães famosas e ricas, há o Photoshop. Ele também ajuda muito. Pode reparar que elas aparecem em fotos mas somem do vídeo. Por que será, né?
Hahahahah!
Beijos e bom final de semana!

Carla Beatriz disse...

Cris,

É verdade, a cobrança que existe em cima das mulheres e das mães é muito grande, porque nós temos que ser uma faz-tudo e estar sempre linda e maravilhosa. Agora, quem consegue estar linda, quando você está toda arrumada para ir trabalhar e o bebê vomita em cima de sua blusa, bem na hora que você tem que sair? Ou você tem que limpar um banheiro todo c*g*ado, porque seu filho não conseguiu chegar a tempo para sentar no vaso sanitário?
Ontem à noite, eu mesma acabei passando esmalte nas minhas unhas dos pés, porque já estavam uma vergonha! risos

Beijos

Carla Beatriz disse...

Oscar,

Com ou sem photoshop, mesmo assim as mães da terra do Nunca, como diz a Cris, estão sempre lindas e maravilhosas. ;-)

Beijos

Geo disse...

O Oscar acertou agora. A gente, além de aturar as plásticas ainda tem que aturar o Photoshop. É por isso que quando a Ivete passou no carnaval de cinta e meia fina, eu cheguei pra Rafa (meu esposo) e falei: Tá vendo aí? Eu não preciso de meia fina. Posso não ser perfeita, mas também sô toda boa.

Olha, vou te visitar sempre.

Carla Beatriz disse...

Geo,

Muito bem! Isso é que é mulher de bem consigo mesma! Gostei. :-)

Beijos