terça-feira, 15 de janeiro de 2008

Jogos, brincadeiras criativas e o Tangram

Passeando pelo mundo virtual, através do blog da Ana Cláudia, O Futuro do Presente, cheguei a outro blog muito interessante, o Projeto Idéia Legal, que resgata as os jogos e brincadeiras criativas.

Eu procuro, ao máximo, não condicionar meus filhos ao consumismo exacerbado que há nos dias atuais, mas a propaganda dos canais infantis da TV a cabo é uma concorrente desleal. A cada propaganda de brinquedo que meu filho assiste na TV, ele me pede para comprar. Neste natal, fiz diferente e resolvi comprar brinquedos que estimulavam mais a imaginação e a coordenação motora. Além disso, comprei também alguns softwares educativos para eles, sendo que um deles é para o aprendizado da língua inglesa. Meu filho me perguntou:

- Mãe, como é você sabia que eu ia ADORAR esse jogo?

- Ah, eu sou mãe e as mães sabem das coisas, meu filho.

Também gosto de estimular a percepção das formas e cores, já que sou formada em Matemática e tenho vários jogos didáticos em casa, feitos de madeira.

Um deles é o Tangram¹, um quebra-cabeça chinês antigo, composto de sete peças (cinco triângulos de vários tamanhos, um quadrado e um paralelogramo), que devem ser posicionadas, de maneira a formar um quadrado. Além do quadrado, diversas outras formas podem ser obtidas, sempre observando duas regras: todas as peças devem ser usadas e não é permitido sobrepor as peças.²

Bem, apesar de minha formação, há mais de dez anos trabalho na área administrativa, sendo que atualmente estou na área da Tecnologia da Informação e trabalho com profissionais de informática. Volta e meia, eu trago um Tangram para meus colegas montarem, já que a maioria esmagadora deles nunca viu um antes.

Eles ficam desconfiados de minha proposta de "montar o quadrado, usando todas as peças", dizem que é “impossível” montar o quadrado, alguns demoram mais tempo, outros menos, mas no final, acabando montando e gostando da proposta. Aos que conseguem resolver, eu proponho desafios cada vez mais difíceis, já que há diversas figuras que podem ser montadas com essas peças.

Assim, tive uma surpresa agradável, ao encontrar no blog Projeto Idéia Legal, uma postagem falando justamente sobre o Tangram como uma opção de brinquedo para as crianças. Meus filhos gostam de montar, especialmente meu filho de 5 anos.

Finalizando, em dezembro, recebi um Tangram de presente pelo correio de um dos bancos que tenho conta. Surpreendente, não?

1 Fonte: http://www.terra.es/personal/ijic0000/tangram.htm

2 Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Tangram

4 comentários:

Ana Cláudia Bessa disse...

Vai, Carla!
Adorei seu blog!
Obrigada por estar com a gente no Futuro, sempre que quiser passe por lá para dar sua opinião sincera!
Pode malhar quando for o caso, tá? rs
O Idéia Legal é da minha cunhada. legal demais, né?

Um grande beijo!

Cristiane Fetter disse...

Oi, também vim aqui agradecer a visita ao meu post.
Como a Ana disse aí em ciam, vá quando quiser.
E se tiver um tempo, passe no nosso outro blog www.todoyda.blogspot.com
Abraços

Tricia disse...

oi amiga!!! a quanto tempo!!! Pois é, por aqui estamos corujando nova cria, e vai ser um menino!! fiquei sabendo hoje...
=)
Tu acredita que eu ando lendo e relendo aquele artigo que traduzimos juntas... uma delicia! (sobre os mitos do PD)

obrigada viu!
beijos

Ciça Donner disse...

Nao disse que chegava???

Eu sou professora e sempre usei o Tangran na sala de aula. A festa comecava em construir nos mesmo nosso tangran. Meu filho fez na escola tb e o pequeno estou aguardando para ver se eles vao usar. Se nao, a gente faz um em casa. Pq aqui além de evitar o consumismo dos brinquedos sofro para manter meu pequeno longe de TV, computagor e games em geral. Oh suplicio mana